PREVENÇÃO


As intoxicações e envenenamentos são causas comuns de procura por atendimento de urgência ou emergência nos serviços de saúde. Intoxicação é a manifestação clínica do efeito nocivo, resultante da interação de uma substância química (agente tóxico) com um organismo vivo. O termo envenenamento é mais empregado nas exposições às toxinas de origem natural como animais peçonhentos e plantas.

Em torno de 100 mil substâncias químicas estão em contato com o homem e estima-se que 1.000 novos produtos entram anualmente no mercado.
Grande parte das intoxicações pode ser evitada, pois muitos destes produtos se encontram nas residências, como medicamentos, produtos de higiene e limpeza, raticidas e inseticidas domésticos; no ambiente de trabalho, como os produtos químicos industriais e agrotóxicos e em ambiente externo, como os animais e plantas tóxicas.

Nos dados de atendimento do CIT/SC, observa-se um grande número das exposições acidentais em crianças, na faixa etária de 01 a 04 anos, decorrentes de exposições principalmente a medicamentos e produtos domissanitários. Isto ocorre porque as crianças são naturalmente curiosas e acabam comendo e bebendo qualquer coisa.
O primeiro passo na prevenção de intoxicações é reconhecer que qualquer substância pode ser tóxica. Conheça os locais de risco e produtos tóxicos em sua casa. Locais de risco no ambiente doméstico (Link da casa).

A seguir, encontram-se dicas básicas, porém de extrema importância na prevenção de intoxicações.